Pular para o conteúdo

Colônia Britânica ou Colônia Soviética? Tem Colônia BOA?

2018-01-28

Interessante como a “elite intelectual” internacional espreita o destino do Brasil como apenas um objeto de poder nas mãos das “elites financistas” internacionais.

Se o Brasil “cai nas mãos” da elite Britânica é “ruim”, e afirmar tal coisa faz de um sujeito um “estadista”, mas se “cair nas mãos da elite comunista (ou socialista), é “bom”.

Como poderia uma terrorista, justamente a terrorista que planejou e executou o sequestro de um embaixador dos EUA no Brasil, poderia ser uma “boa opção política” para os EUA, conforme “Lyndon LaRouche avisou mais cedo neste dia que uma vitória de Neves iria tornar o Brasil novamente numa colónia britânica, e era uma ameaça para os interesses reais dos Estados Unidos da América. Ele regozijou-se com as notícias da reeleição de Rousseff.”?

Certamente que os EUA têm interesse que um peão de tabuleiro seja manipulado pelos interesses financistas americanos, e a ladra Rousseff é a melhor opção, isto é, terrorista ou não – e os EUA sabem como fabricar e descartar terroristas – os interesses dos EUA estão em primeiro lugar para o governo americano. Mas não poderia ser diferente. Nosso problema, no Brasil, é que os governantes eleitos pelo povo brasiliano não põem os interesses do Brasil em primeiro lugar.

Se a reeleição de Dilma Rousseff como Presidente do Brasil é uma “tentativa do Império Britânico de tirar o Brasil dos BRICS e dos projectos de integração sul-americanos” qual seria a tentativa dos brasilianos de por os interesses do Brasil em primeiro lugar?

Isto é, qual seria o “candidato do povo brasiliano”?

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: