Skip to content

Sem conservadorismo não há liberalismo?

24 de março de 2015

Sem conservadorismo não há liberalismo.
Hiago Rebello

O que é mais conservador:

1 – o socialismo (marxismo, comunismo) – o proletarismo, ou seja, a crença – disse crença – no proletariado;

2 – o liberalismo?

Vamos começar sabendo o que é “conservador”:

“conservador –  http://michaelis.uol.com.br/.

con.ser.va.dor
adj (conservar+dor2) 1 Que conserva ou preserva. 2 Que é contrário a grandes mudanças políticas.sm 1 Aquele que se conserva. 2 Indivíduo que, em política, opina pela conservação do estado tradicional, opondo-se a reformas essenciais. 3 Aquele que é encarregado da conservação de um arquivo. 4 Funcionário público encarregado do registro hipotecário ou do registro civil.”Da mesma fonte:

liberalismo
li.be.ra.lis.mo
sm (liberal+ismo) 1 Conjunto de teorias e princípios liberais. 2 Dir Doutrina que preconiza a liberdade política ou a de consciência, em oposição à autoridade do Estado ou da Igreja. 3 Doutrina segundo a qual o melhor meio de salvaguardar a liberdade e os direitos da iniciativa particular é restringir o mais possível as atribuições do Estado. 4 Econpolít Doutrina que preconiza a liberdade do trabalho e das trocas e a não intervenção do Estado em matéria econômica.”Basicamente, oproletarista acredita no Estado Regulador, e o liberal preconiza aautoregulação e o Controle do Estado.Como pensar que o conservador é necessário para o liberal?

Seria o caso de haver um neo-feudalismo socialista, a partir do Brasil?

O Brasil é o primeiro país a cair na evolução comunista gramsciana. O que seria o conservadorismo proletarista: o comunismo marxista ou o gramsciano?

Se pensarmos na evolução da física e da química ao longo dos últimos 400 anos, e a evolução das ideologias nos últimos 200 anos, vemos que as ideias não acompanharam a evolução da ciência.

Desde “O Gene Egoísta” até “A Ilusão de Deus”, passando por “O Caminho Da Servidão”, o liberalismo evoluiu à medida em que os paradigmas científicos foram sendo quebrados.

O sistema industrialista evoluiu com a ciência e a tecnologia, pois a indústria é dependente da C&T;

Já o proletariado não tem qualquer ligação com a evolução da C&T.

O sistema político proletarista é rígido e a C&T evoluiu na medida em a política precisar.

Como o sistema distributivista não tem necessidades de atender ao MERCADO, não há incentivos para o desenvolvimento de C&T.

Onde está o conservadorismo, então?

Quem são os conservadores?

 A Democracia é um método de tomada de decisões político-administrativas. É um método.
Não é uma ideologia. Não existem democratas, mas pessoas que praticam a democracia para decidir.

Quando se fala de implementar legislação “democrática” tem-se a impressão que existe uma ideia por trás de tal lei, que legitima a própria lei.

Confundem patrão com líder social ou religioso, e pretendem que um empreendimento liderado por um homem seja um Aparelho De Estado Democrático, democrático.

É justamente porque não havia um monte de pessoas tomando “decisões” que a empresa existe: fruto de uma só decisão de um só homem. Querer que após um homem tomar uma decisão e uma empresa empregar dezenas de pessoas, estas pessoas, que não estavam sequer sabendo da existência do patrão e da empresa, só por estarem naquela empresa, têm direito à …. tomar decisões … na empresa, e que o proprietário, ou patrão, tem o dever de dar algo para aqueles que não fizeram nada para a empresa existir, apenas porque eles existem na empresa: “Efetivamente, as modernas relações de trabalho não podem se pautar pelo paradigma do gestor todo-poderoso, que administra sua empresa sem prestar contas a ninguém. A construção de uma sociedade democrática se fundamenta, também, na construção de um ambiente democrático de trabalho.”http://www.senado.leg.br/atividade/materia/getPDF.asp?t=161046&tp=1.

Assim, a democracia é o sistema que permite que pessoas que não sabem nada de algo, não fizeram nada para o algo existir, apenas por estarem dentro do algo, assumam posição de mando e poder de intervenção, e obtenham lucro sem ter de investir nada.

Basicamente, o comunismo canalha quer que um “trabalhador” ganhe somente por existir, e o patrão seja culpado por tal existência, assim, pague por ela.

Nada como ser democrático, democretino.

Fácil dizer que “generalização do pagamento da participação nos lucros e resultados da empresa constitui um importante passo para a superação desse paradigma patrimonialista” seja uma atitude democrática, pois a democracia será a superação de um paradigma patrimonialista, simplesmente, tirando a propriedade do proprietário, aos poucos e legalmente, de modo a distribuir cada propriedade entre os que não tiveram nada a ver com a existência dela, somente participam na sobrevivência dela de acordo com as determinações do patrão – que é quem sabe o que está sendo feito na propriedade – e não seriam capazes de construir a empresa, ou já o teriam feito, já que têm o direito de participar dela como se fossem patrões.

Tirar do patrão e da empresa valor monetário que poderia ser usado para aumentar a produtividade da empresa para distribuir entre os que já ganham o que lhes é devido, até mesmo pela legislação protetiva, a título de “promover o sentimento de integração do empregado à empresa” sem que a integração passe do simples fato de distribuir dinheiro – até parece que existe algum tipo de “integração” possível entre os empregados e a empresa.

Como a produtividade da empresa por ser aumentada com a diminuição do recurso financeiro advindo de sua produção?

Que tipo de sistema econômico pode ser construído a partir da intervenção na vida privada do patrão, na coação e constrangimento da Iniciativa Privada – fundamento da República, art. 2 da CF88 -, se legislação determina que “ao menos cinco por cento do lucro anual da empresa seja distribuído aos empregados, sob pena da imposição de sanções à empresa que não o fizer”?

E que tipo de sanções poderão ser aplicadas? E quem vai decidir o que, ou quando e como aplicar tais sanções?

Afina, como é que existem tantas pessoas com tanto conhecimento sobre os MERCADOS, a ponto de poder aplicar sanções em empresas, e ainda assim aumentar a produtividade delas?

Como será possível o”estabelecimento de mais modernas, profissionais e solidárias relações de trabalho no Brasil” a partir da criação de intervenções de natureza administrativa, jurídica, econômica, psicológica sobre a vida privada e a iniciativa privada?

Tal é o PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 79, DE 2015, que modifica a Lei nº 10.101, de 19 de dezembro de 2000, para dispor sobre a participação dos trabalhadores nos lucros e resultados da empresa, independentemente de negociação, e sobre as penalidades aplicáveis ao empregador que não os distribuir.

Se Hitler tivesse estudado o Direito Administrativo brasiliano teria conseguido dominar a Europa e o Mundo.

Quem sabe os gramscianos.br consigam.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

CONFEI - Conselho Federal de Informática

Movimento #CONFEI Todos a favor da Criação do Conselho Federal de Informática do Brasil

%d blogueiros gostam disto: