Skip to content

… e o Papa se demitiu …

1 de outubro de 2014

Publicado em Publicado em 3/13/2013 16:03, na Revista de Opinião, Fatos e Versões

Agora, no início do terceiro milênio, no século XXI, forma-se o novo cenário mundial de dominação.

Saem as ideologias materialistas de oposição ao industrialismo ocidental e entram as teologias da Libertação e da Escravidão.

Agora, no Campo de Batalha chamado Europa os muçulmanos, os cristãos, os comunistas e os militares são os herdeiros do século que se anuncia.

E a nova Guerra Santa se põe em Campo.

No Século XXI os muçulmanos não querem sobreviventes infiéis, os comunistas não querem sobreviventes liberais, teocratas ou muçulmanos e os militares terão de limpar a casa para depurar comunistas, socialistas e teocratas de todos os matizes para sobreviver como Estado dentro de um Estado.

A Igreja Católica não tem um braço armado para enfrentar os muçulmanos e os comunistas são inimigos mortais de ambos, assim, a Igreja Católica precisa de um aliado para enfrentar os comunistas e os muçulmanos.

No novo cenário, se os socialistas abrirem mão do dogma proletário a Igreja Católica poderá abrir mão de um dogma – ou outro – para ter seu exército contra os muçulmanos.

Assim, os comunistas serão isolados pelos teocratas e a saída para isto é a escolha de um Papa latino-americano.

A América Latina se mostra o berço do renascimento do comunismo internacional, SEM o combate às religiões, tendo, mesmo, seu líder máximo, Chávez, feito sinal da cruz e falado em Deus diversas vezes.

O chéf Gramsci ofertou a receita da retomada do sonho materialista com a destruição das sociedades de dentro para fora, com a desconstrução das crenças – tanto nos teocráticos quanto nos civis – tornando o comunismo novamente uma … possibilidade internacional.

A Europa falhou no campo material e no campo teológico, permanecendo como o grande Museu Das Crenças, meio-do-caminho para a distribuição da palavra divina pelas Américas. Assim, também, a Europa é Campo de Batalha Divina, meio-de-caminho para os novos conquistadores.

A Europa falhou no campo material, optando pela social-democracia e pelo socialismo em quase todos os países europeus.

Os comunistas quebraram primeiro, os socialistas quebraram logo a seguir e a social-democracia vai quebrar os que sobraram para organizar o espólio da covardia dos europeus, que optaram por transferir a conta para outrem, independentemente de quem seja.

A fé teocrática é a última instância de esperança que ainda não quebrou, e não vai, pois se baseia em uma mentira completamente deslocada da realidade, sendo, assim, impossível de provar que está errado, ou que não funciona.

Para quem crê, funciona, e é isto que interessa.

Para recompor a decadência européia e retomar o caminho da dominação do mundo, que disputa com os muçulmanos e comunistas, a Igreja Católica tem no Brasil e em seu Cardeal Sherer a chance de virar o jôgo.

Um Brasiliano para compor com os socialistas da América Latina contra os comunistas e os muçulmanos do mundo todo.

Assim, Habemus Sherer.

… mas posso estar errado.

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. 1 de outubro de 2014 17:31

    ViaBsb – Revista de Opinião – 2013/03/13

    E o Papa é Argentino, nativo de Buenos Aires.

    … Latino-americano …. o Papa vem do berço do renascimento do fascismo e do comunismo na América Latina.

  2. 1 de outubro de 2014 17:31

    ViaBsb – Revista de Opinião – 2013/03/13

    A Igreja Católica entra na “onda” do Oscar Awards e premia politicamente correto.

  3. 1 de outubro de 2014 17:31

    ViaBsb – Revista de Opinião – 2013/03/13

    A Igreja Católica entra na “onda” do Oscar Awards e premia politicamente correto.

    A ordem é continuar a cruzada anti-comunista de João Paulo II e interrompida pelo mandato-tampão de Bento XVI.

    O próximo papado será o mandato-tampão de estabelecimento do cenário mundial da Guerra Santa do Terceiro Milênio: a destruição do Comunismo e do Islã.

    Após, o último Papa e o piquenique de Megido.

    … mas posso estar errado …

  4. 1 de outubro de 2014 17:30

    ViaBsb – Revista de Opinião – 2013/03/13

    Em conversa com o amigo Dr. Edson Mota, cirurgião plástico, comentei que a escolha do novo Papa seria rápida, pois com a globalização da economia e das TTIC os cardeais e seus assessores já teriam debatido os destinos possíveis da Igreja Católica e teriam uma resposta rápida.

    A escolha do Papa deveria ser politicamente correta, dizia eu ao amigo Edson, pois o futuro da Igreja Católica estava na direta dependência do quanto a IC ficaria prêsa ao passado.

    Como uma crença medieval que se estabeleceu no Oriente – no Concílio de Nicéa haviam somente dois bispos – ou cardeais, não sei ao certo – ocidentais. Neste evento a Bíblia foi “escrita” e os textos que não compunham com o ideário oriental dos Senhores das Almas foram retirados do “livro” final.

    Com a “organização” da fé e a consolidação da burocracia teocrática a IC impunha a vontade de poucos senhores da ignorância mundial para criar um Estado sem Nação.

    Assim, com o aumento da força dos muçulmanos devido, principalmente, à falha dos proletaristas em dar ao povo o que o povo queria – dinheiro – e com a frustração das igrejas que se corrompem em escândalos financeiros e pedofilistas, o Islã dá a segurança da pena de morte para a violação mais simples às ordens do Profeta.

    O novo Papa seria escolhido rapidamente, pois já teria sido feita antes do encontro e seria um compromisso com o cenário da Guerra Santa do Terceiro Milênio.

    Resta saber se o enclave católico na sede do comunismo e do fascismo Latino-americano de Buenos Aires vai reverter a sanha política dos Senhores dos Votos argentinos e impedir, ou implodir, a gestação de mais um Estado Fascista Latino-americano e abortar o projeto petralha do Brasil.

  5. 1 de outubro de 2014 17:29

    ViaBsb – Revista de Opinião – 2013/03/15

    Agora o perfil conservador (anti-comunista é conservador …) do Papa começa a ser descortinado.

    Em http://oglobo.globo.com/mundo/teologo-jesuita-diz-que-bergoglio-conservador-desconcertante-7849060 os “progressistas” começam a campanha de desconstrução da personalidade do Papa com vistas a diminuir sua influência política internacional.
    “Teólogo jesuíta diz que Bergoglio é conservador e desconcertante.

    José María Castillho considera que o novo Papa teve ligação com militares

    Publicado em 15/03/13 – 11h54 e atualizado em 15/03/13 – 12h04.

    Em MADRI, o Jesuíta, autor de 38 livros e adepto da Teologia da Libertação José María Castillho, aponta o que considera o autoritarismo do novo Papa, alegando que o Papa “teve claras ligações com a ditadura na Argentina”.

    Esta é a base para atribuir ao novo Papa um “perfil conservador”.

    O teólogo comunista diz que o Papa “conhece bem a América Latina” e considera um fato criticável o Papa não ter sido “um homem sintonizado com a Teologia da Libertação”.

    Leia a entrevista com o teólogo comunista em http://oglobo.globo.com/mundo/teologo-jesuita-diz-que-bergoglio-conservador-desconcertante-7849060.

    Aparentemente, um “perfil conservador”, sob os olhos dos comunistas, é um sinal claro que o novo Papa tem como principal papel – dada sua idade avançada e um Papado de no máximo 15 anos – a continuação da ação anti-comunista de João Paulo II, interrompida pelo mandato-tampão de Bento XVI, que por sua ação durante o Papado do antecessor e sua ação dedicada na Santa Inquisição – tem um nome diferente hoje – não permitiu aos Cardeais promoverem a escolha de um Papa que pudesse renovar os caminhos da IC.

    Agora, com um novo mandato-tampão, a IC volta à carga política com um teólogo Franciscano – como já o fora João Paulo I – com o objetivo de impor o resgate dos Princípios Individuais que Francisco de Assis assumiu em seu entendimento da “fé cristã”, aumentar o tamanho do rebanho com novas aquisições e completar a obra anti-comunista de JPII.

    A escolha de um Americano já era óbvia, certamente que a escolha do Argentino não passaria pelos olhares dos analistas, e mesmo dos políticos, pois a escolha já teria sido feita antes do conclave e a mídia foi entretida com candidaturas que a comunicação-social da IC plantou para garantir a surpresa e a desarticulação dos oponentes.

    A IC sabe que não pode mais esperar pela sua renovação, que terá de ser um espetáculo de mídia e que terá de ter um Papa jovem, oriundo do Admirável Mundo Novo, como JPII fora gestado dentro do ninho da serpente comunista.

    A renovação deverá ter a mesma importância do Concílio de Nicéa, com a re-criação da Bíblia, a quebra dos dogmas que não representam mais a Idade Média. Nos tempos hodiernos, a IC não tem mais os mesmos objetivos políticos – agora não é mais hegemônica – e tem de pensar em sobreviver em um Campo de Batalha Teuroológico – a Europa – que além de ser pátio de guerra de reis por mulheres ou terras, é agora um campo fértil de plantio e colheita de almas – muçulmanas, cristãs, judaicas, comunisitas, socialistas e sociais-democratas.

    Novo cenário de batalha, novas batalhas, o século XXI será o século da Guerra Santa, a vingança das Cruzadas, o marco final do comunismo como burrada humana.

    Neste cenário, os LIBERAIS são os “judeus do século XX”.

    Os LIBERAIS não têm o que dizer para quem não tem mais fé no dinheiro – os países estão quebrados -. fé na política – os países são governados por medíocres ou corruPTos, simplesmente -, fé na IC, que não pune criminosos que violentam crianças e são “punidos” com outros cargos ou “aposentadoria”.

    Os LIBERAIS dizem a verdade como meio de vida, educam para a vida e para o futuro porque a informação é crucial para o perfeito funcionamento dos Mercados, não misturam religião com trabalho, respeitam os que crêem porque é uma questão de fóro íntimo, desde que não gere ônus para terceiros e acreditam no Império da Lei, e não de um deus, um general ou do secretário-geral do partidinho.

    Inimigo público número 1 dos comunistas, socialistas, sociais-democratas, nacionais-socialistas e fascistas – porque todos eles mentem e querem controlar todo mundo -, das igrejas e religiões – porque não crêem, sabem ou não sabem -, OS LIBERAIS estão na mira de todos os inimigos públicos-uns-dos-outros.

    A questão é qual será a aliança a ser feita pelos proletaristas e pelos teocratas CONTRA os LIBERAIS e quem luta com quem contra os LIBERAIS, já que eles terão de se enfrentar, na Europa, para decidir que fica para destruir o Mundo.

    Os LIBERAIS querem LUCRAR em cima de todo mundo e os proletaristas e teocratas querem MATAR TODO MUNDO que não crê na sua crença.

    Como não vamos viver para saber, pois já estamos na segunda metade de nosso século enquanto o nosso século mal está começando, quem viver, verá.

    Fica o registro.

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

MAC, iOS & Linux

Suporte Remoto - Instalação - Segurança de Dados - Computadores e Acessórios

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

%d blogueiros gostam disto: