Skip to content

A igreja quer ser eleita mas não quer eleger

1 de outubro de 2014
Onde estava a igreja quando criou o ninho da serpente? Onde estão as Comunidades Eclesiais de Base?

“Preocupada com a renovação das paróquias, a assembleia dos bispos, que terminou na última sexta, incluiu as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) entre as iniciativas para recuperar a presença da Igreja Católica nas áreas mais pobres, onde perde fiéis para evangélicos.
Surgidas após o Concílio Vaticano 2º (1962-65), as CEBs foram impulsionadas pelo Documento de Medellín (1968) e pela Teologia da Libertação. Ligadas ao PT e movimentos sociais, seu auge foi nos anos 1980, em regiões pobres, com uma crítica que unia princípios cristãos a uma ótica de esquerda.
Em meio à oposição dos papas João Paulo 2º e Bento 16, que nomearam bispos contrários à aproximação com a esquerda, perderam força.
Para o padre Benedito Ferraro, assessor da Ampliada Nacional das CEBs, a volta da discussão é um reconhecimento de parte dos bispos de que a retração abriu espaço para as evangélicas, como a Assembleia de Deus.
Hoje, diz, as CEBs são minoria entre os grupos eclesiais na periferia. Ferraro diz que não há números precisos sobre as CEBs, mas que elas estão presentes em todo o país.
O início da retomada das CEBs foi em 2007, na Conferência do Episcopado Latino-Americano, onde foi aprovado um documento cujo relator foi o bispo argentino Jorge Mario Bergoglio, futuro papa Francisco, com trechos bastante favoráveis às CEBs.
Os elogios, porém, foram diluídos quando o Documento de Aparecida passou por uma revisão da Cúria Romana do papa Bento 16.
“O modo como aconteceu repercutiu negativamente”, disse o bispo italiano de Adriano Vasino. “Isso é um dos problemas que a Igreja está tentando resolver, ter maior transparência em tudo.”
Vasino diz que o tema continua a dividir a CNBB entre bispos que acreditam claramente nesse modelo”, e “outros que, por experiências negativas, resquícios, consideram as comunidades ligadas só ao social ou a ideias descritas como comunistas”
Defensores das CEBs esperam mais apoio do papa Francisco. Tanto por ter participado do Documento de Aparecida quanto pela defesa de uma “igreja para os pobres“, – embora sem viés esquerdista.
A retomada, porém, não deverá ter a mesma força de antes, avalia o ex-arcebispo do ABC, cardeal d. Cláudio Hummes. “[As CEBs] talvez representem uma época, da ditadura militar, e foi aí que o povo conseguiu ter voz”, disse. “Em 30 anos, se faz um longo caminho. Então eu não posso simplesmente repetir o discurso de 1980 nem a prática de 1980 ao pé da letra.””
A Igreja Católica não lembra que não deve ter lugar na política quando quer “ganhar almas”, afinal, é o NEGÓCIO da igreja, e não mede esforços para ter maior influência politica – secular, ainda que constranja a cidadania com a politização da “fé”, sem falar na exploração comercial, pura e simples, dos 0800, das rádios e canais de televisão – uma concessão PÚBLICA -, que usam para fins puramente comerciais.

Ainda lembrando que não pagam impostos para propor aos iludidos o fim do modo brasiliano de vida, da democracia, do sistema econômico, dos tecidos da sociedade.

Não se diferencia muito dos comunistas; fundamentalistas materialistas e místicos se encontram no fundamentalismo.

Os clérigos querem ser eleitos mas não permitem eleições para padre, papa, pastor … ou mesmo para general; não podemos ser eleitos.

O Estado deve ter proteção de seus estamentos deslocados da sociedade política.
Anúncios
No comments yet

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

MAC, iOS & Linux

Suporte Remoto - Instalação - Segurança de Dados - Computadores e Acessórios

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

%d blogueiros gostam disto: