Skip to content

Políticas PARA o público, não necessariamente, públicas

12 de setembro de 2014
Enquanto as crianças recém-nascidas morrem no hospital de Ceilândia – DF, e os 12 estádios caríssimos são entregues no prazo e as cidades são devoradas pelos donos das empresas de ônibus consumidores de combustível fóssil, a solução para nossa independência energética nos transportes está em Porto Alegre: http://www.pucrs.br/aeromovel/videos/video_02.mp4
 
Até no Japão sabem que a solução é esta.
 
 
 
Não pense que se você sair em mais uma PALHASSEATA NasRuas, PEDINDO, MENDIGANDO por uma solução que vai economizar TEU DINHEIRO você terá alguma chance de sucesso.
 
A ÚNICA MANEIRA de você ter algo que você MEREÇA É VOCÊ FAZER!
 
Por isto é importante que uma nova vertente política – desprovida de ideologia ou crença religiosa e essencialmente política – seja proposta à população brasiliana, pois o povo.br só quer ser feliz e ter dinheiro para ter e pagar as suas contas.
 
Uma opção como a do Aeromóvel seria uma revolução na matriz energética e na economia da cidade, pois as quadras residenciais poderiam outras dimensões e os lotes urbanos e residenciais poderiam ter outro desenho urbano, liberando mais espaço para interação da população com as áreas econômicas sem ser orientado pelo traçado das vias de tráfego de ônibus.
 
Eis aí um movimento social que poderia ter grandes chances de ter sucesso em qualquer cidade do Brasil. Um sistema de transporte que libera TODA A ÁREA URBANA para o desenvolvimento social-humano, para promover a integração dos espaços urbanos, pois as linhas são ou aéreas ou subterrâneas ou sub-superficiais.
 
E o custo de manutenção é muitas vezes menor que os VLT e metrôs.
 
E é tecnologia.br!
 
Eis um tema que poderia ser parte de um Programa de Governo, de um Plano de Campanha Política para as eleições Executivas e Legislativas.
 
Alterações nas Leis Orgânicas dos Municípios seriam um passo inicial importante para induzir a economia nacional para uma rota de mudança de operação da economia – a economia é um sistema, pode ser melhor operado – para a real satisfação das necessidades da população.
 
Se um novo partido que incorpore estas reivindicações e tenha por base ideias que respeitem os DIREITOS INDIVIDUAIS assumisse ideias como estas teríamos uma plataforma de governo que vai diretamente ao encontro das expectativas do povo.br.
 
Em minha opinião – salvo melhor juízo – creio que a social-democracia esgotou-se no Plano Diretor de Reforma do Estado, de 1995, de Bresser Pereira, e não fez nada para reformar o sistema financeiro e produtivo para sustentar os MERCADOS.
 
Com a reforma do Estado – que é tudo o que os comunistas, fascistas, socialistas e sociais-democratas conseguem ver – os MERCADOS foram esquecidos na ação política do Governo e tiveram seus valores inflacionados pelos custos da reforma do Estado sem os investimentos correspondentes, ficando desalinhados com relação aos seus valores relativos.
 
Com a taxa de juros estratosférica para garantir o alinhamento dos preços – comunistas controlam preços – de produtos e serviços – o que o Mercado teria feito com muito maior eficiência e a custos menores – os MERCADOS estão desalinhados em relação aos seus valores relativos e existem MERCADOS que sofrem com uma taxa de juros alta e outros que acumulam riqueza maior do que seria recomendado pela saúde da economia.
 
Esta diferença desalinha os MERCADOS e permite a super-acumulação de uns MERCADOS e a desvalorização de outros.
 
Isto é creditado aos capitalistas, que por sua vez não podem fazer nada porque o Governo promove a intervenção na economia e gera uma deseconomia em escala – impondo taxas de juros, controle de preços via legislação ordinária -, obrigando os preços a se alinharem por cima – em vista da taxa de juros elevada – o que não permite o investimento em ampliação dos MERCADOS, o que seria perigoso a uma taxa de juros alta que pode aumentar ainda mais a qualquer momento e matar qualquer investimento feito.
 
Assim, o Estado Brasiliano fica cada vez mais caro, cada vez menos para investir e cada vez maior pressão sobre o consumo, que não tem o investimento necessário.
 
É o círculo vicioso do empobrecimento com altas taxas de crédito e de dependência econômica e tecnológica dos países quaternários.
 
É o que dá trabalhador querer fazer o trabalho do patrão.
 
Embora muito do que o PSDB fez era certo, não era o suficiente, e como os Nacionais-socialistas do PT, os sociais-democratas também não conseguem ver os MERCADOS e assim, realimentam o círculo vicioso da deseconomia em escala, com as melhores das intenções de ajudar, e aumentando o fosso que se dispuseram a tapar.
Anúncios

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

CONFEI - Conselho Federal de Informática

Movimento #CONFEI Todos a favor da Criação do Conselho Federal de Informática do Brasil

%d blogueiros gostam disto: