Skip to content

Transporte Público ou Transporte Para o Público?

20 de setembro de 2013

Trago para cá carta que recebi de amiga pedindo para assinar campanha pró-transporte mais barato.

Transporte é um assunto interessante porque foi transformado pelos comunistas e nacionais-socialistas aboletados no partido dos corruPTos – e nos partidos da malfadada “base aliada ao governo” – em “movimento social”.

O que está por trás do baixo Nível de Serviço e péssima qualidade dos transportes públicos de passageiros por ônibus – que é a razão do “movimento social” – é justamente o fato de o governo intervir nas etapas de planejamento, operação e manutenção dos sistemas de transportes públicos de passageiros – STPP.

TUDO no STPP é PÚBLICO.

O governo ESTIPULA as rotas, determina o número de veículos e obriga a uma REMUNERAÇÃO PELOS SERVIÇOS DE OPERAÇÃO prestados pela empresa privada, que gira em torno de 20%.

Isto é, a empresa de ônibus é EMPREGADA do governo.

Mas se todo mundo sabe que é o governo o responsável pela baixa qualidade dos transportes, então porque os comunistas fizeram um “movimento social” para “intervir” no STPP?

Porque são comunistas e querem a completa ESTATIZAÇÃO do STPP.

Eles sabem que vai ficar pior, mas prometem o paraíso na Terra para os pobres. Sabem que não podem dizer a verdade na campanha política ou nunca seriam eleitos.

Vamos analisar a “reivindicação popular”, que não passa de manipulação de lideranças comunistas.

“As manifestações recentes ocorridas em todo o País, que mobilizaram milhões de pessoas, tinham como objetivo principal uma causa clara e muito concreta: a redução da tarifa do transporte público no Brasil. Como resultado, diversas cidades cederam à pressão e cancelaram os reajustes. Agora, o desafio é encontrar novas fontes de financiamento para conseguir baixar a tarifa ainda mais!

A nossa proposta é municipalizar a CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), um imposto sobre a gasolina. A ideia é que a arrecadação deste tributo seja feita em cada município e INTEGRALMENTE investida para baratear a passagem de ônibus em todas as cidades brasileiras. A aplicação dos recursos seria fiscalizada pela sociedade. Estudos da FGV mostram que um imposto de 50 centavos sobre cada litro da gasolina baratearia a passagem em R$ 1,20!

O transporte público coletivo beneficia não apenas os seus usuários diretos, mas toda a população e o meio ambiente. Só assim poderemos solucionar o problema do trânsito que afeta cada vez mais as cidades brasileiras.

Apoie o manifesto “Por um transporte público mais barato no Brasil”. As assinaturas serão entregues aos parlamentares do Congresso Nacional e à presidente da República.

Esta é uma campanha realizada pela Rede Nossa São Paulo e Frente Nacional de Prefeitos. Estamos recebendo adesão de novas organizações pelo e-mail confirmacao@isps.org.br. Ajude a mobilizar!”

1 – “As manifestações tinham como objetivo a redução da tarifa do transporte público no Brasil”

A Mãe de Todas as Mentiras: O STPP É PÚBLICO, e a tarifa não baixa porque os impostos sobre o faturamento das empresas e sobre os salários são escorchantes e financiam o crime organizado pelos sindicalistas agarrados às tetas públicas.

A TARIFA NUNCA PODE BAIXAR, pois é o ESTADO (governo) que torna o custo mais alto.

E os comunistas corruPTos sabem disto, apenas não ensinam ao povo.

2 – A Tia de Todas as Mentiras: só existe uma fonte de renda para os alegados “serviços públicos” prestados pelo ou para o Estado: o salário.

“Agora, o desafio é encontrar novas fontes de financiamento para conseguir baixar a tarifa ainda mais!”

Se a tarifa baixar significa que os IMPOSTOS sobre outras coisas terão de AUMENTAR para pagar a tarifa que não paga o transporte, porque o transporte, ao final do dia, TEM DE SER PAGO, pois é uma EMPRESA PRIVADA que OPERA o STPP PARA O GOVERNO.

3 – A Irmã de Todas as Mentiras: repassa o custo para outro.

Típico de comunista corruPTo: gasta e manda a conta para outro pagar: o Burrotribuinte.

“municipalizar a CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), um imposto sobre a gasolina.”

Ora, os transportes em uma cidade não poderão, necessariamente, ser pagos pelo consumo de combustível da cidade, Pequenas cidades não teriam renda para financiar o STPP e haveria novos “movimentos sociais” para “municipalizar” outros impostos. Isto é, se uma cidade não tem impostos suficientes para pagar as contas do corruPTos intervencionistas, OUTRAS CIDADES PAGARÃO AS CONTAS, pois MUNICIPALIZAR significa TIRAR DINHEIRO DE UMA CIDADE PARA POR EM OUTRA.

4 – A roubalheira institucionalizada

“Estudos da FGV mostram que um imposto de 50 centavos sobre cada litro da gasolina baratearia a passagem em R$ 1,20!” só valem para a idade onde foi feita a pesquisa.

Em cidades com universidades a população candidata a andar de ônibus é muito maior do que a arrecadação em impostos sobre a gasolina.

5 – A BURRICE tornada Política Pública

“a arrecadação deste tributo seja feita em cada município e INTEGRALMENTE investida para baratear a passagem de ônibus em todas as cidades brasileiras” é a máximo denominador comum da burrice.

Mas não está longe da verdade.

Se os impostos fossem TODOS LOCAIS e o dinheiro arrecadado com os impostos na cidade FICASSEM NA CIDADE, então teríamos a Justiça Distributiva que os corruPTos tanto perseguem.

Mas para garantir que não houvesse trabalhadores corruPTos em cargos públicos, a Lei deveria prever que seria PROIBIDO UMA CIDADE TOMAR DINHEIRO EMPRESTADO no sistema financeiro .

Não se justifica o povo pedir dinheiro emprestado para fazer algo que os políticos que o próprio povo elege para fazerem as obras necessárias à cidade não fazem.

Os gastos públicos seriam a própria campanha política, pois o povo iria votar nos candidatos que prometessem atender às necessidades da cidade.

A Lei também deveria prever que é PROIBIDO UM POLÍTICO LEGISLADOR CRIAR UM IMPOSTO para vigir na própria legislatura.

Isto é, se uma legislatura propõe um imposto, este só entra em vigor no 7º mes da legislatura seguinte. Assim, o povo pode se livrar dos políticos que criam impostos contra os interesses populares e a favor das empresas que pagam as campanhas.

6 – Todo mundo é funcionário público-fiscal-de-transportes: você não tem mais nada para fazer na vida?

E porque não fiscalizar a saúde e a educação também?

“A aplicação dos recursos seria fiscalizada pela sociedade. “

7 – Transporte público não é problema, é onde o problema aparece

“O transporte público coletivo beneficia não apenas os seus usuários diretos, mas toda a população e o meio ambiente. Só assim poderemos solucionar o problema do trânsito que afeta cada vez mais as cidades brasileiras.” é uma falácia.

É o ESTADO que promove a grilagem OFICIAL de terras e os legisladores corruPTos criam leis que facilitam a grilagem.

No DF, então, é mais do que visível, uma vez que a TERRACAP é a “dona” oficial das “terras públicas” e “vende” para quem TEM MAIS DINHEIRO, pois faz LEILÃO DE TERRAS PÚBLICAS.

Assim, quando um bairro novo é criado – ou uma cidade nova – foram o ESTADO e o GOVERNO que fizeram o “planejamento central” do uso do solo, escolheram onde e qual tipo de serviço e comércio poderia ser localizado no bairro ou cidade, transferindo o “problema do transporte público” para o cidadão PAGAR EM MAIS IMPOSTOS e, assim, FINANCIAR O PROBLEMA, não a solução.

CONCLUSÃO

Você está sendo convidado a SER ROUBADO para financiar o crime organizado na política e os cargos dos corruPTos no governo.

“Esta é uma campanha realizada pela Rede Nossa São Paulo e Frente Nacional de Prefeitos. Estamos recebendo adesão de novas organizações em confirmacao@isps.org.br. Ajude a mobilizar!””

Baixar a tarifa de transportes públicos de passageiros por ônibus via “movimento social” é a porta de entrada do comunismo no Brasil. Mas a mentira da democracia veste a ação dos comunistas. Se “todo mundo NasRuas em PALHASSEATA” fosse o suficiente para baixar preços, não haveria preço nenhum, pois a mobilização tem por característica ser permanente.

Para dar a resposta à altura, envie o texto acima para a caixa-postal confirmacao@isps.org.br pedindo para o GOVERNO SAIR DA ECONOMIA e para o ESTADO se limitar às tarefas para as quais o ESTADO foi criado: garantir a segurança jurídica do cidadão e que nenhum cidadão tenha constrangida sua LIBERDADE, seu Direito de SER DEIXADO LIVRE e seus DIREITOS INDIVIDUAIS.

Entenda melhor o que é LIBERDADE e DIREITOS INDIVIDUAIS, e quais os PRINCÍPIOS MORAIS e ÉTICOS que pautam a ação dos homens em uma sociedade livre.

Para conhecer mais sobre os DIREITOS INDIVIDUAIS.

Entenda porque o egoísmo não é uma característica moral, mas biológica e depende da genética da espécie. Conheça melhor o egoísmo.

PLB

Partido Liberal Brasiliano

Anúncios
No comments yet

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

MAC, iOS & Linux

Suporte Remoto - Instalação - Segurança de Dados - Computadores e Acessórios

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

%d blogueiros gostam disto: