Skip to content

O capitalismo é biológico

18 de agosto de 2011



Antes do capitalismo ser econômico, é biológico.


Considerando “O que alegavam contra ele os próprios políticos e os juristas mais conservadores?”, cabe a questão: o que é um político e jurista conservador?


Os marxistas são conservadores e reacionários, pois não mudaram nada em sua visão de mundo desde 1830 e, de lá para cá, o Universo ficou sem chão com o advento da Física Quântica.


E não me venham com balela que o Mensaleiro Marx era … quântico …


A economia vigente hoje não passa nem de longe pela visada que o idiota do Marx tinha do Mundo então.


Basta ver que as experiências fáticas de implementar a sociopatia política marxiana deu em mais de 100.000.000 de mortos, sem falar na imbecilidade de Marx em dizer que os povos que não pudessem se tornar comunistas deveriam ser EXTERMINADOS.


Considerando que os soviéticos invadiram a Polônia JUNTO com os nazistas – eram aliados quando iniciaram a Segunda Guerra Mundial – e somente se tornaram aliados dos EUA quando foram traídos por Hitler e invadidos pelos nazistas – não vejo onde possa haver lugar para conservadorismo, reacionarismo e fascismo fora do âmbito do nacional-socialismo e comunismo.


Quanto ao projeto “ficha limpa” – “ no caso do ficha limpa, o projeto (que agora já é lei vigente) afrontaria um velho e prestigiado princípio constitucional – o da presunção de inocência...” ficou mais do que comprovado que era um projeto de ficha suja pela forma criminosa com que foi “julgado” no STF, com o presidente do Tribunal declarando que não daria o voto de minerva para não entrar para a história da maneira errada, fazendo justamente isto, pois o voto de minerva, no STF, está regulado pelo Regimento Interno do STF assim:


Art. 13. São atribuições do Presidente:

[…]

[…]
 
IX – proferir voto de qualidade nas decisões do Plenário, para as quais o Regimento Interno não preveja solução diversa, quando o empate na votação decorra de ausência de Ministro em virtude de:
      a) impedimento ou suspeição;
      b) vaga ou licença médica superior a 30 (trinta) dias, quando seja urgente a matéria e não se possa convocar o Ministro licenciado.



O que êle fêz foi CASSAR o voto de desempate, que não pertence a êle, mas é ATIVIDADE do Presidente que êle DEVERIA TER CUMPRIDO e esta cassação do voto de desempate – o Presidente do STF ESCOLHER não votar – não é prevista nem no Regimento Interno do STF nem na CF88 – salvo melhor juízo e êrro meu.


De maneira que a “lei da ficha limpa” é uma “lei suja“, corrompida no nascedouro pelo presidente do STF, que não queria – como não queria seu patrão Luis Inacio Mensaleiro da Silva – que o Roriz fôsse candidato no DF.


Uma lei que foi usada pelos Mensaleiros para ganhar uma eleição que estava perdida.


Roriz nomeou a espôsa, que não sabe nada de política, e ainda teve 30% dos votos.


Duvido que a mariza letrícia tivesse 30% dos votos em qualquer lugar do .br.


Se o projeto da “ficha suja” realmente “estabelece que basta uma condenação provisória, em primeira instância, dispensando o trânsito em julgado, para que o candidato já se veja impedido no seu direito político de disputar eleições” então o  Peluzo estava certo em violar a CF88 e o estatuto do STF, porque, afinal, era uma violação que estava sendo pedida de qualquer maneira – os petralhas não queriam perder DE NÔVO para o Roriz.


Se a constituição diz então é legal: “Isso porque a constituição de 1824 (do Império) admitia como perfeitamente legal a propriedade de negros cativos e portanto, o direito dos proprietários era um direito legitimamente adquirido“. Se você lê a constituição dos EUA vai ver que num dia é permitido beber, no outro não é e no seguinte é de nôvo.


Isto se chama PODER DE IMPÉRIO, que vem da legitimidade das eleições.


O poder constitucional da constituição dos EUA advém do PODER DE IMPÉRIO que o povo dos EUA exerce quando elege o CHEFE DE POLÍCIA, o JUIZ do MUNICÍPIO, o ADVOGADO GERAL do MUNICÍPIO, o legislador, o prefeito.


Nas eleições dos distritos estadunidenses o povo pode, simplesmente, contratar uma empresa para administrar a cidade, não existe a figura pétrea do Estado Interventor e provedor que temos aqui.


E êles são a MAIOR NAÇÃO DO MUNDO.


Então não é com esta sanha de intervenção na vida privada das pessoas que vamos consertar qualquer coisa que foi feita no calor da falta de razão de um bando de trabalhadores ignorantes e corruptos que foram eleitos por um povo ignorante e atrasado porque ganhou a promessa de entrar no paraíso, comprar galadeira e financiar automóvel.


A “classe operária” NÃO vai ao paraíso, NUNCA.


E a classe operária é operária por acidente genético e de desenvolvimento da espécie humana, ninguém tem culpa por alguém ter nascido onde nasceu e herdar as expectativas sociais do grupo onde nasceu.


Não vai haver superação desta condição com leis fascistas e Estados interventores nem com revoluções imbecis de assassinos defensores dos “direitos” do proletariado.


Proletariado, aliás, QUE NÃO EXISTE, a não ser na cabeça débil mental de pogreçiçtaç que não vêem um palmo adiante do próprio nariz e querem consertar um mundo que não tem nenhum defeito além dos defeitos que êles trazem para complicar mais o que já é complicado – quando não matam o próprio idioma IMPONDO palavras que não existem – com uma anta de um presidente que quer ser presidenta.


A questão mais básica da “economia” do Mensaleiro Marx é a da apropriação do trabalho de outrem e a produção em excesso para apropriação da bobagem da mais-valia.


Acontece que a produção em excesso é a ÚNICA garantia de sobrevivência se você está em uma comunidade que tem recursos escassos de alimentação e a produção excessiva é garantia de disponibilidade em caso de necessidade e se traduz em fôrça de trabalho economizada quando é feita troca por outra mercadoria ou produto necessário à sobrevivência do grupo que ninguém do grupo produziria.


Com a produção em excesso decorre a necessidade de estoque do excedente e isto gera a necessidade de haver alguém na comunidade que tenha capacidade de construir o estoque e outro para defender o estoque.


Assim, ao contrário do que os comunistas afirmam, a economia não nasce da acumulação de capital, mas da necessidade de sobrevivência e de administrar os excedentes que vão garantir a sobrevivência do grupo e a consequente ESPECIALIZAÇÃO das pessoas nas tarefas necessárias à sobrevivência. Não são CLASSES SOCIAIS, são pessoas especializadas que transmitem sua especialização para a prole como forma de aumentar suas chances de sobrevivência.


É a biologia que gera a economia, assim como foi a biologia que nos deu a Teoria Geral dos Sistemas.


E é a especialização que a sobrevivência cobra que gera o que os idiotas chamam de classes sociais.


E a tal “luta de classes” é uma mentira que êles inventam para sujar a cabeça das pessoas simples que tiveram a vida dura por terem nascido onde nasceram.


E não é culpa dos capitalistas porque quando os primeiros que se tornaram capitalistas o fizeram não foi escravizando os que não eram.


Já estavam em posições relativas diferentes e já haviam se desenvolvido de forma diferente. De qualquer forma os “proletários” não seriam “capitalistas” e os “capitalistas” tinham o diferencial para dominar a sociedade onde estavam todos.


Foi natural.


E a URSS é a prova concreta que a “classe operária não vai ao paraíso”.


E os mensaleiros.br são a prova que quando os trabalhadores votam nos trabalhadores para governar elegem o que há de pior justamente porque são trabalhadores e não sabem o suficiente para escolher bem e o melhor.


A desculpa da “justiça social” é outra imbecilidade: como um conceito de justiça pode deixar de ser social para que haja sustentação em pedir por uma justiça social?


Não há justiça entre as pedras nem nas sociedades das abelhas, lôbos.


A justiça É um conceito social: conceito.


É o mesmo que subir para cima ou reivindicar o direito de subir para cima.


Questionar a escravidão é muito fácil porque agora temos uma ética superior àquela do Império.


Mas não esqueçamos que não foram os brancos que inventaram a escravidão negra. Quando os brancos chegaram na África os negros já escravizavam os negros.


Os gregos criaram uma civilização que conquistou grande parte do mundo conhecido então à custa de trabalho escravo.


A democracia é um sistema escravocrata.


Quanto Atenas tinha 300.000 habitantes uns 40.000 eram gregos, o resto era escravo.


Por isto a democracia direta é impossível, tem de ter alguém de plantão – um escravo – para obedecer uma decisão direta.


Êste era o trabalho dos metecos – os profissionais liberais de hoje – que eram escravos com direitos relativos, o que não difere muito do que temos hoje, com profissionais liberais – que ainda assim contratam outros profissionais liberais como EMPREGADOS – e os trabalhadores – os escravos modernos.


O conceito de escravidão é muito relativo e está preso ao tempo.


Se você conta com o apoio do STF, como em “a jurisprudência do STF está se firmando em favor de nossas pretensões” então … estou fora.


O STF é SUJO.


Creio que a proposta de moralização NÃO PASSA POR INTERVENÇÃO DO ESTADO ou do GOVÊRNO na vida privada de qualquer pessoa.


Temos o dever de priorizar a salvaguarda de nossa privacidade e de nossa individualidade.


É fácil pensar em projetos de lei:


1 – intervém na vida privada de alguém?
1.1 – SIM
              NÃO FAÇA;
1.2 – NÃO
              É ABSOLUTAMENTE NECESSÁRIO?
        SIM
              Vamos ao debate
        NÃO


… qual foi o resultado do jôgo do Grêmio … isto é mais importante.


Abraços do Cerrado

Anúncios
No comments yet

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

CONFEI - Conselho Federal de Informática

Movimento #CONFEI Todos a favor da Criação do Conselho Federal de Informática do Brasil

%d blogueiros gostam disto: