Skip to content

Existe Direito Urbanístico?

14 de agosto de 2011


Vamos começar tentando entender o que é urbano, urbanístico, e ver se cabe um Direito lá.


“urbano
adjectivo
1. que diz respeito à cidade
2. próprio de cidade
3. diz-se do prédio para habitação (por oposição a prédio rústico)
4. figurado cortês; polido; civilizado

urbanístico
adjectivo
1. que diz respeito à urbanização
2. relativo à(s) cidade(s)
(De urbanista+-ico)”



Pelo visto, não existe Direito Urbanístico.

O Direito não é “relativo” à nada ou haveria o Direito Alimentício porque regula o consumo de alimentos.

O Direito em Urbanismo pode ser pois diz que “no” Urbanístico o Direito é aplicado.

Isto é, os “Direitos” não “são”, são aplicados a.

Mas um advogado poderia pôr as idéias em melhor perspectiva.

Esta “flexibilização” do idioma serve para tornar a transmissão das idéias uma ação desprovida de responsabilidade da parte de quem fala.


Com esta dupli-língua que expressa um duplipensar.

“Duplipensar é um conceito criado por George Orwell no livro “1984”.

Na descrição do próprio autor:

Saber e não saber, ter consciência de completa veracidade ao exprimir mentiras cuidadosamente arquitetadas, defender simultaneamente duas opiniões opostas, sabendo-as contraditórias e ainda assim acreditando em ambas; usar a lógica contra a lógica, repudiar a moralidade em nome da moralidade, crer na impossibilidade da Democracia e que o Partido era o guardião da Democracia; esquecer tudo quanto fosse necessário esquecer, trazê-lo à memória prontamente no momento preciso, e depois torná-lo a esquecer; e acima de tudo, aplicar o próprio processo ao processo. Essa era a sutileza derradeira: induzir conscientemente a inconsciência, e então, tornar-se inconsciente do ato de hipnose que se acabava de realizar. Até para compreender a palavra “duplipensar” era necessário usar o duplipensar.” 

O duplipensar serve a propósitos políticos autoritários.

A razão de haver reforma ortográfica é que com um idioma mais “fácil” o “dono” do pensamento oficial pode escolher o significado que lhe fôr mais favorável e, assim, obrigar a todos a “pensar” da forma que sempre se adequar ao “pensamento oficial”.
 
Depois do idioma o cidadão perde o direito de ter armas para sua segurança.
Sugiro substituir o nome do evento por algo mais “unipensar” e evitar as armadilhas que a ignorância prega.

É mais ou menos como uma estudanta guerrilhenta querer ser presidenta. Você fica sem saber se há uma anta presidente, se é a anta de um presidente ou se tem-se uma presidente anta.

Com o duplipensar você não pensa, se adéqua.


Se vende.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma resposta. Participe do debate em http://www.subsistencia.org/mailman/listinfo/plbr_subsistencia.org/.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

MAC, iOS & Linux

Suporte Remoto - Instalação - Segurança de Dados - Computadores e Acessórios

The Savvy Sister

Simple changes for healthy living

Tech World

Yet another tech blog

Ceticismo Político

Análise política para adultos

Falando em Justiça Fiscal...

Espaço de discussão e promoção da Justiça Fiscal no Brasil

Eight to Late

Sensemaking and Analytics for Organizations

C.c

COISAeCOUSA

Moved by Freedom - Powered by Standards

A weblog by Charles-H. Schulz.

Hildegard Angel

Pode não ser a melhor opinião, pode não ser a sua opinião, mas esta é uma coluna com opinião!

Existential Type

Thoughts from an existential type.

Vijay's Tech Encounters

My Encounters with Hardware and Software

Life of a Geek Admin

The Adventures of a True Geek Administrator

The PBX Blog

Collaboration, evolved.

Logiscon

Consultoria Logística, Treinamento e Cursos

Instituto Liberal

Problemas Sociais - Soluções Liberais

Agência Liberal de Notícias Brasil

Porque notícias também devem ter ideias

%d blogueiros gostam disto: